Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

16/08/2013

Pucci e Missoni estampam a história da moda

A história da moda tem estampa. Poás, flores, geometrias, listras e padrões de efeito ótico são assinaturas de décadas que contam a evolução do vestuário. Algumas confundem-se com o próprio tempo e expõem memórias carregadas de “impressões”.

No século passado, os anos de 1950 e 1960 foram reveladores para constituir ícones da estamparia que sobrevivem até os dias atuais como clássicos. Entre eles, as casas italianas Pucci Missoni estão inseridas neste recorte temporal tingido de heranças codificadas em desenhos e cores exuberantes.

Célebres, a Pucci e a Missoni escrevem suas trajetórias com padronagens que as tornam reconhecidas em qualquer parte do mundo. Em comum, a abundância de cores. A mescla harmoniosa de tons é o eixo que as mantém fiel ao princípio da inspiração com sentido de eterna frescura.

Por trás da Pucci, seu fundador Emilio Pucci (1914-1992) segue o instinto rebelde dos anos 60 e aposta em linhas sinuosas e cores discordantes. A estampa psicodélica é a própria bandeira do movimento hippie que evoca viagens psicotrópicas. O emaranhado dos desenhos tremula em sedas e anuncia a liberdade dos vestidos lânguidos e a amplidão das calças e túnicas usadas por homens e mulheres.

 

As italianas Pucci e Missoni deixam impressões na história e no presente da moda/ Reprodução

A sinuosidade maximizada da Pucci contrasta com o zigue-zague da Missoni, elaborado no ir e vir de linhas retas. O tricô artesanal da região da Lombardia configura a origem da casa fundada pelo casal Otavio (1921-2013) e Rosita Missoni em 1953. A produção de malhas e xales é tomada de assalto pelos vestidos leves e coloridos imersos em uma atmosfera étnica.

As listras – também incorporadas às estampas multicoloridas – são difundidas sobre experimentos de novas fibras sintéticas como o nylon e poliéster, ressaltando o significado da roupa moderna que não amarrota. As influências sobre estilistas da época colabora para a profusão dos padrões geométricos e delimita um estilo copiado à exaustão.

Por Raquel Medeiros
Jornalista, coolhunter e editora do site Nas Entrelinhas

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

custos-invisiveis-moda-audaces

16/10/2020

O que são custos invisíveis e como eliminá-los da confecção de moda

Escrito por Audaces

gerente-de-producion-actividad-profesional

15/10/2020

Gerente de produção: o que esse profissional realiza?

Escrito por Audaces

tabela-de-medidas

13/10/2020

Tabela de medidas feminina: diversidade de corpos e o que diz a ABNT

Escrito por Audaces