Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

07/03/2014

Produtos químicos na moda não serão mais usados em 2020

Um grupo de líderes das marcas têxteis e de sapatos do mundo, incluindo membros do comércio varejista, assinou um termo de compromisso para abandonar o uso de todos os produtos químicos na moda completamente até 2020, fazendo menção ao Programa Zero de Descarga de Produtos Químicos Perigosos (sob a sigla ZDHC, Zero Discharge of Hazardous Chemicals, em inglês).

A iniciativa começou em 2011, com seis membros e hoje eles já são 17 em número. A lista de nomes é encorajadora, pois é composta pelas seguintes marcas: Adidas Group, Benetton, C&A, Esprit, G-Star Raw, Gap, H&M, Inditex, Jack Wolfskin, Levi Strauss & Co, Limited Brands, Li-Ning, M&S, New Balance, Nike, Puma e PVH.

O compromisso inclui diversos produtos químicos na moda que nem imaginamos que estão contidos na manufatura de têxteis e calçados. Dentre as substâncias químicas que devem ser banidas dos processos industriais até 2020, estão onze grupos:

 

Marcas devem abandonar uso de produtos químicos na moda/ Reprodução

 

– Ftalatos (Orto-ftalatos);
– Retardadores de chama bromados e clorados;
– Corantes azóicos;
– Compostos organoestânicos (por exemplo, TBT);
– Clorobenzenos;
– Solventes clorados;
– Clorofenóis;
– Parafinas cloradas de cadeia-curta (SCCP);
– Metais pesados (cádmio, chumbo, mercúrio, cromo (VI);
– APEO/NPEs;
– Químicos perfluorados Produtos (PFC).

Em suas publicações, o Programa ZDHC distingue sete fluxos de trabalho. O primeiro deles trata da "Avaliação dos perigos dos químicos", sobre priorização de produtos químicos na moda que são prejudiciais e as medidas necessárias, tanto para as fases de produção e as fases da cadeia de criação de valor de têxteis. Os outros fluxos de trabalho são "Treinamento", "Direito de saber", "Avaliações e Auditorias", "Abordagem de Sistemas de Gestão", "Atores Interessados em Parcerias" e "Melhores Práticas de Projetos-piloto" na gestão de produtos químicos.

Apesar das boas intenções, a iniciativa ZDHC foi criticada pelo Greenpeace no ano passado, porque havia muito mais declaração de intenções e a implementação de alguns projetos-piloto do que ações concretas.

Vamos ficar atentos para que as promessas se tornem realidade, seja como fornecedores, seja como consumidores!

Para saber mais (em inglês), acesse aqui.

Assista abaixo um vídeo sobre o programa:

 

 

 

 

 

 

ZDHC Systems Map Video from ZDHC Brands on Vimeo.

Por Maria Alice Rocha
Doutora (PhD) em Design de Moda

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

custos-invisiveis-moda-audaces

16/10/2020

O que são custos invisíveis e como eliminá-los da confecção de moda

Escrito por Audaces

gerente-de-producion-actividad-profesional

15/10/2020

Gerente de produção: o que esse profissional realiza?

Escrito por Audaces

tabela-de-medidas

13/10/2020

Tabela de medidas feminina: diversidade de corpos e o que diz a ABNT

Escrito por Audaces