Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

14/02/2013

Moda e inspiração: o que é um mood board?

Quem trabalha com moda sabe que na etapa inicial do processo de criação de uma coleção o número de informações levantadas é imensa. Muitas vezes é difícil saber o que fazer com elas e como utilizá-las na geração de ideias de maneira criativa e inovadora.
 

Para facilitar a visualização destas informações, o uso do mood board ou painel semânticos se popularizou na área de criação de moda. Herança da área de design, a ideia migrou para a área de moda – que também trabalha com um grande carga de referências visuais. Afinal, tão importante quanto a pesquisa de tendências é saber utilizar estas informações, descrevendo (neste caso de forma visual) como elas podem ser aplicadas em uma nova coleção.

Coleção verão 2013 com tema Jasmim/Criação: Vanessa Gonzato

 

Hoje a ideia é bastante utilizada por estilistas e designers de moda, pois é útil para identificar tendências e testar padrões de tecido e amostras de cores, para perceber o melhor caminho a segui. Muitas vezes é possível visualizar, através dele, se o projeto será vendável – levando em consideração do tipo de público a que se destina a coleção.

No site ChocolaDesign encontramos algumas informações fundamentais para a construção de um mood board. No post, a professora de Design Cláudia Facca sugere dividir as informações em 3 grupos principais: objetos, pessoas e ambientes.
 

Inspiração estampas da coleção verão 2013 com tema Jasmim/Criação: Vanessa Gonzato

 

OBJETOS: as coisas com as quais interagimos todo dia, artifícios físicos que impactam em nossas vidas. Como? Observando como as pessoas interagem com eles, utilizando, manuseando, desmembrando-os para então questionar como eles afetam nossas vidas. Quais são os objetos (presentes no universo das pessoas)?

 

 

  • Objetos de uso pessoal: celulares, roupas, calçados, acessórios, carros, joias, cosméticos gerais;
  • Objetos de uso coletivo: eletrônicos, embalagens.

PESSOAS: os indivíduos que compram, utilizam e convivem com os objetos. Como? observando seus comportamentos, ouvindo suas opiniões. Quem são as pessoas?

 

 

  • Faixa etária, sexo, classe sócio-cultural-econômica, ocupações;
  • O que fazem, onde vivem, como vivem, onde vão, do que gostam;
  • Quais os hábitos, costumes, experiências, hobbies, manias.

AMBIENTE: os locais, cenários e situações onde estão as pessoas e os objetos. Como?
observando as situações e os locais em que há a interação entre os objetos e as pessoas que os utilizam. Como é o ambiente?

 

 

  • Estilo de decoração, cores, texturas, acabamentos.

Segundo a professora, este painel não serve apenas como representações visuais: é um conjunto de informação que representa a emoção que se deseja retratar em todo o trabalho.

 

 

 

 

Essa ferramenta apresenta-se sob a forma de um quadro que combina uma série de referências visuais que apoiam a criação de uma atmosfera do projeto, principalmente em suas etapas iniciais. A própria palavra inglesa “mood” ajuda na compreensão desse instrumento, podendo ser entendida como humor, atmosfera ou mesmo um estado temporário de nossa mente.

 

 

Crédito imagem: ChocolaDesign

 

A matéria traz, ainda, uma imagem adaptada do artigo A Comparative Study of Developing Physical and Digital Mood Boards – que traduz, de forma gráfica, o processo de desenvolvimento de um painel semântico.

Fontes: ABCDesign e ChocolaDesign

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

custos-invisiveis-moda-audaces

16/10/2020

O que são custos invisíveis e como eliminá-los da confecção de moda

Escrito por Audaces

gerente-de-producion-actividad-profesional

15/10/2020

Gerente de produção: o que esse profissional realiza?

Escrito por Audaces

tabela-de-medidas

13/10/2020

Tabela de medidas feminina: diversidade de corpos e o que diz a ABNT

Escrito por Audaces