Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

25/09/2013

Mercado de orgânicos: um nicho para a indústria do vestuário

Uma produção que cada vez mais vêm se destacando no Brasil é a de orgânicos, que têm se firmado como uma alternativa para aquelas pessoas que se preocupam tanto com a saúde quanto com o meio ambiente. De olho nesta fatia do mercado, empresas e agricultores estão investindo em sistemas de produção mais sustentáveis e menos agressivos à natureza e vale destacar que esta preocupação deixou de ser apenas na alimentação e está chegando a outros setores, como o têxtil e de vestuário. A estimativa é que o mercado de orgânicos cresça 20% ao ano.

A Cooperativa Central Justa Trama, situada em Porto Alegre (RS), adotou o material orgânico na sua produção de vestuário e o utiliza como matéria-prima na fabricação das roupas de algodão produzidas de forma agroecológica. A cooperativa envolve em todo o processo cerca de 700 pessoas que atuam da produção à confecção das peças e da tecelagem à fiação.

Para a diretora-presidente da Cooperativa, Nelsa Fabian Nespolo, este é um mercado que se firma por meio da consciência dos consumidores. A crescente procura por produtos que tenham em sua produção esse apelo e agridam o mínimo possível o meio ambiente é uma forma que os consumidores têm de dizer aos empresários que há o desejo de melhorar o meio ambiente e o planeta. Porém, como o mercado de orgânicos é algo que está em desenvolvimento, ainda há dificuldade na aquisição de matéria-prima, como o algodão, que no caso da Justa Trama vem do sertão do Ceará.

Regulamentação
Apesar do crescimento do mercado de orgânicos e dos incentivos de instituições e do governo, a legislação e a burocracia ainda são barreiras para o desenvolvimento da produção de orgânicos no Brasil. A falta de uma regulamentação unificada que incida sobre todos os tipos de produtos é um problema, uma vez existem diferentes normas que incidem sobra cada produto, ou seja, dependendo do tipo de produto, ele é regulado por órgãos diferentes, como os alimentos pelo Ministério da Agricultura e o de cosméticos pela Agência Nacional Sanitária (Anvisa).

Apesar do cultivo e comércio de orgânicos terem sido aprovados no final de 2003, eles foram regulamentados apenas quatro anos depois. Já em 2011 foi criado o Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos pelo Governo Federal, no qual constam produtores, cooperativas e associações que atuam nesta área registrados. A lista está disponível para download aqui.

Fonte
Cresce mercado para os orgânicos no Brasil

Leia também…
Moda e meio ambiente: como produzir sem agredir a natureza?
Eco fashion destaca-se por produção mais sustentável
Moda verde: marcas investem em produtos sustentáveis
Slow fashion: sustentabilidade na moda
 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

modelagem-e-costura-novo-podcast-apresenta-influenciadora-digital-audaces

20/09/2019

Novo podcast apresenta influenciadora digital que ensina modelagem e costura

Escrito por Audaces

desenvolvimento-de-colecao-de-moda-estrategias-acertar-audaces

19/09/2019

3 estratégias para acertar no desenvolvimento de coleção de moda

Escrito por Audaces

17/09/2019

Gestão de moda: 7 cases de sucesso para se inspirar

Escrito por Audaces