Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

08/03/2020

Feliz 8 de Março dia internacional da mulher

O dia 08 de Março simboliza a luta de cada dia do gênero feminino e essa luta é constante! Segundo uma pesquisa de 2019 do IBGE as mulheres correspondem hoje a 43,8% dos 93 milhões de brasileiros ativos profissionalmente, entretanto as trabalhadoras ganham em média 20,5% a menos que os homens em nosso país.

Dentro dessas profissionais, ainda temos o dado lastimante que apenas 3% dos cargos de liderança são ocupados por mulheres. Porém dentro da Audaces temos o orgulho desse cenário ser diferente, a maioria dos nossos gestores são mulheres! 

Com esse orgulho e seguindo a proposta da ONU de 2020 para esse dia, “Eu sou a Geração Igualdade: concretizar os direitos das mulheres”, pedimos que nossas Audaciosas nos contassem um pouco de sua história profissional e passassem um conselho para todas as mulheres desse nosso mundão!

Conheça um pouco mais da história dessas mulheres que fazem diferença no dia a dia da nossa empresa e escute as mulheres a seu redor a falar sua história. Nossas mulheres são fortes, inteligentes, audaciosas e como toda mulher merece ser ouvida!

Patrícia Silva

Analista do departamento pessoal

BI

Olá, me chamo Patricia, sou conhecida por todos como Paty Pink.

Esse apelido carinhoso se tornou minha identidade pois eu faço do meu mundo cada dia mais cor de rosa.

Desde minha adolescência sempre fui muito pró ativa em tudo, com 17 anos cursava o terceirão e fazia técnico de enfermagem.

Com 19 anos tive meu primeiro emprego que foi na Audaces e desde lá venho crescendo e me desenvolvendo cada dia mais através das oportunidades e do meu esforço.

Meu conselho a todas as mulheres é: Sejam independentes, vocês podem tudo. Podem escolher o que querem ou não fazer, só depende de vocês e de uma palavra, atitude.

Nayana Barcki 

Gerente departamento financeiro

BI

Olá, meu nome é Nayana Barcki comecei minha trajetória profissional com 17 anos, como auxiliar administrativo em uma loja de telas e chapas metálicas.

Estou na Audaces a 13 anos! Meu crescimento profissional foi na Audaces e sempre foi   motivado pela minha vontade de crescer, organização pessoal, foco em resultados e responsabilidade com as minhas tarefas, para mim tarefa dada é tarefa cumprida!

As dificuldades enquanto mulher são iguais a de todas as mulheres modernas que trabalham fora e precisam conciliar casa, família e trabalho, dias com filho doente e tarefas importantes a serem realizadas.

Reinventar-se é necessário quase que diariamente para acompanhar as mudanças tecnológicas, o acesso rápido às informações e atender o que é esperado de nós enquanto profissionais, mães e esposas.

Minha mensagem a todas as mulheres é: Nunca duvide da sua capacidade! Por sermos mulheres, temos dons e capacidades surpreendentes e a cada desafio mostramos quão habilidosas e fortes somos!

Fernanda Macário

Coordenadora de Experiência de cliente

BI

Meu nome é Fernanda Macário e minha vida profissional começou de uma forma bem diferente, foi jogando voleibol com 14 anos, onde fui contratada por um clube de Santa Catarina e tive que morar fora.

Neste período, a pressão e responsabilidades assumidas não foram fáceis, mas foi uma grande oportunidade de ganhar experiência de vida e muitos aprendizados.

Quando vi que o esporte era uma profissão de curto prazo e muito sofrida, decidi voltar para Florianópolis com 18 anos e estudar. Sempre quis meu dinheiro, e assim comecei a procurar meu primeiro emprego.

Após alguns meses trabalhando na área administrativa de um shopping, tive a oportunidade de ser contratada pela Audaces em 2008. Trabalhei por 06 meses, saí e 09 meses depois voltei para não sair mais!

Atualmente sou Coordenadora de Experiência do Cliente na Audaces, e estou na empresa há 10 anos. Durante esse tempo, já mudei bastante de área e acredito que isso contribuiu para o meu crescimento, junto com minha graduação em Administração e especialização de Gerenciamento de Projetos, a Audaces me proporciona diariamente muitos aprendizados e oportunidade de participar de projetos importantes.

Essas oportunidades trazem desafios intensos e constantes de conhecimentos, estudos e relacionamentos (internos e externos).

Meu recado é: Ei mulher!! Nós somos fortes! Trace suas metas para alcançar seus sonhos e objetivos de vida. O primeiro passo é não nos colocarmos de forma inferior, posicione-se, estude, acredite em si, cerque-se de sororidade e vá atrás! O mundo está cheio de oportunidades!

você pode ser tudo o que quiser!

 

Vera Brasil

Diretora de Gestão de Gente

BI

Me chamo Vera Brasil Nunes, minha formação foi em Psicologia, mas no ensino médio (na época segundo grau) fiz Análises Químicas e depois de formada, fiz um curso de Programação, fiz também Estatística mas acabei largando.

Comecei a trabalhar com carteira assinada aos 24 anos, mas antes fiz estágios em algumas empresas em função da formação em Psicologia, também fui voluntária em instituições para atendimento de crianças e populações carentes de modo geral.

Meu primeiro emprego foi em uma empresa que possuía uma área de desenvolvimento de softwares.

Meu crescimento se deve ao fato de que nunca me limitei a nada, fui criada para ser uma pessoa feliz e me permitiram experienciar meus 2 lados do cérebro sempre que quis. Isso fez toda a diferença na minha vida e em minhas crenças.

Sofri assédio por ser mulher uma vez, pedi demissão e nunca mais deixei que me tratassem diferente por ser mulher. Antes de tudo, sou uma profissional e busquei em todas as diferentes atividades que pude realizar nesse processo de aprendizado, ser a melhor possível.

Não melhor do que os homens, ou melhor de quem quer que seja, apenas o melhor que eu pudesse ser. Trabalho com homens como pares, liderados e superiores e isso nunca foi nem nunca vai ser um problema para mim. São profissionais apenas. Também trabalho e trabalhei com muitas mulheres como pares, líderes e lideradas; nunca fez a menor diferença para mim. Não é o gênero, opção sexual, religiosa, etc que define um profissional e sim o que ele faz e como entrega seus resultados. O resto não interfere.

Meu conselho para todas as mulheres é: Nunca se limite! Olhe para dentro e veja tudo o que você pode ser e seja!

Liandra Zago

Coordenadora de pré-vendas

Iniciei minha carreira profissional aos 18 anos em um banco. Naquela época, o uso do telex, fax e máquina de escrever faziam parte da “tecnologia” de que se dispunha. Tempos depois, decidi que era o momento de um novo desafio e mudei de segmento.

Foi ai que surgiu uma oportunidade de trabalhar como assistente de vendas em uma concessionária de veículos, e lá fui eu, depois me tornei vendedora de seguros e de financiamento, tive a oportunidade de me tornar gerente de vendas porém quando recebi esta proposta, eu tinha duas certezas:

1. Precisaria aprender a gerir pessoas

2. Ter muita resiliência porque o ambiente era particularmente masculino.

Naquela época, não existiam mulheres em cargos de liderança de vendas em concessionárias de automóveis, 4 anos depois, me tornei diretora de vendas do grupo!

Com um pouquinho da bagagem que acumulei no decorrer destes caminhos, decidi empreender, foi fantástico. Foram 5 anos de mais aprendizado, erros e acertos, a empresa era muito pequena e eu sentia muita falta de fazer parte de uma grande equipe; gosto de gente, do agito, da troca de ideias, metas e busquei por isso.

Quando penso nos capítulos que escrevi até aqui, cada um é repleto de aprendizados e reinvenções, porque em cada empresa, cada posição, cada equipe, eu precisei me reinventar para me adaptar àquele cenário.

Que mensagem eu gostaria de passar para as mulheres?

Ter humildade para pedir ajuda, resiliência para aprender e se fortalecer, recomeçar sempre que você não se sentir mais tão feliz como antes, e principalmente nunca, jamais, abra mãos dos seus valores.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

custos-invisiveis-moda-audaces

16/10/2020

O que são custos invisíveis e como eliminá-los da confecção de moda

Escrito por Audaces

gerente-de-producion-actividad-profesional

15/10/2020

Gerente de produção: o que esse profissional realiza?

Escrito por Audaces

tabela-de-medidas

13/10/2020

Tabela de medidas feminina: diversidade de corpos e o que diz a ABNT

Escrito por Audaces