Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

05/02/2015

COOLHUNTER: PESQUISADOR CULTURAL

Por Julia Picoli
Docente no curso de Moda da Feevale e consultora de produto de Moda

 

 

Já ouviu falar do coolhunter? Coolhunter é o termo utilizado para denominar o profissional que se dedica a identificar possíveis padrões futuros de comportamentos e atitudes. Espalhados pelo mundo, os coolhunters têm a função de descobrir movimentos culturais e estéticos que poderão influenciar a moda, a publicidade e o design e, por consequência, o desempenho de mercado de todos os setores que produzam bens de consumo.

O seu trabalho é o de caminhar pelas ruas, relacionar-se com diversas pessoas e viajar por diferentes cidades na tentativa de detectar, registrar e sistematizar sinais e elementos que poderão tornar-se ou influenciar a moda. O coolhunter atua no espaço da cidade, da metrópole, para que ele se torne um imenso dicionário da vida moderna.

Para atingir seus objetivos, vivem geralmente, imersos na cultura jovem de forma a garantirem a proximidade com os seus públicos-alvo e os acontecimentos interessantes em curso. Os coolhunters são jovens imersos nos grupos sociais e culturas jovens e são contratados pelas empresas justamente por pertencerem a este mundo, e assim conseguirem se comunicar e compreender melhor o que este grupo pensa, cria, sente e quer. Devem localizar a(s) primeira(s) pessoa(s) que vai observar/contatar no momento certo, e ser capaz de detectar uma tendência a partir daí.

Mais do que em torno de um produto, o coolhunter, roda em torno de pessoas, ou melhor, se concentra na busca de um certo tipo de personalidade que apenas alguns têm dentro de grupos sociais. Aqueles que, apenas por força da sua personalidade, têm um certo tipo de influência social. Observar a(s) pessoa(s) responsáveis pelo lançamento das tendências, e com os dados recolhidos interpreta-los e assim propor para empresas futuros movimentos.

Hoje, vivemos em que a sociedade e a moda se encontram-se em constante mudança e o coolhunter, jovem e com uma grande propensão criativa está apto a captar os sinais de mudanças provenientes da subcultura urbana jovem. Os coolhunters são profissionais que dominam as áreas de marketing e/ou comunicação e estão sempre atualizados em relação as últimas tendências sócio-culturais, particularmente atentos às novas realidades dos grupos sociais a que pertencem os indivíduos pós-modernos, pois assim possuem ferramentas suficientes para suas pesquisas.

O que os coolhunters têm a oferecer às empresas são competências que as auxiliam na descoberta das futuras tendências e movimentos, principalmente conhecer o modo de ser e estar de quem é estudado e saber utilizar isto da melhor maneira possível. Um coolhunter não tem que ser necessariamente um grande inovador, pelo contrário, deve ter capacidade para reconhecer uma tendência enquanto ela ainda não está massificada e encontrar quem lança e quem propaga as tendências e inovações.

Geralmente, os coolhunters estão à procura de novas expressões na moda, música, esporte e em tudo que rodeia o mundo jovem, para depois passar estas informações às empresas, que as transformarão em produtos novos ou diferentes e não cores, formas ou conceitos pré-formados.

Os coolhunters não tentam antecipar uma cor, tecido ou uma forma. O que eles procuram, antes de mais, é um humor, uma maneira de sentir, a sensação de que poderia explicar algumas alterações no gosto, em termos de materiais, cores, e formas de vestir. E como fazem isto? Observando, conversando, participando da ação observada, fotografando, registrando o que vê, ouve e analisa.

Investigando os hábitos e comportamentos de jovens bem informados, naturalmente ligados às mais recentes inovações tecnológicas, artísticas e comportamentais, conseguem informações valiosas que permitem desenvolvimento ou redirecionamento de produtos.

Estes profissionais analisam o contexto comportamental de uma sociedade, buscando novos conceitos, assumindo a tarefa de interpretar a cultura de seu tempo, decifrando informações, fazendo recortes que tenham relevância e montando um quebra-cabeças, construindo assim uma base de dados das próximas tendências e movimentos.

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

custos-invisiveis-moda-audaces

16/10/2020

O que são custos invisíveis e como eliminá-los da confecção de moda

Escrito por Audaces

gerente-de-producion-actividad-profesional

15/10/2020

Gerente de produção: o que esse profissional realiza?

Escrito por Audaces

tabela-de-medidas

13/10/2020

Tabela de medidas feminina: diversidade de corpos e o que diz a ABNT

Escrito por Audaces