Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

11/11/2015

Conheça a criadora dos corsets de verdades secretas

Por Erika Boldrini
Consultora e designer de superfície

Sou uma apaixonada pela magia dos corsets! Quando iniciei minha graduação em Moda, em Americana, interior de São Paulo, tive o prazer de conhecer uma pessoa supertalentosa que dar vida à corsets maravilhosos e torna toda essa magia em realidade. Minha entrevistada para o primeiro post no blog Falando de Criação é a incrível Rose Sathler.  Dona das marcas Black Cat Corsets e Rose Sathler Alta Corseteria, seu atelier vai completar dez anos e produziu os corsets de Verdades Secretas. Eles apareceram em cena no corpo das atrizes Grazi Massafera, Camila Queiroz, e Yasmim Brunet.

O corset, também é conhecido como espartilho, surgiu em meados do século XVI na Inglaterra e sua função era manter a postura e dar suporte aos seios. Com o passar dos séculos, a peça vai ganhando novos comprimentos e formatos, barbatanas de baleias são introduzidas na confecção que passam a ter uma nova função: a de estreitar a cintura.

Devido a escassez de materiais ocasionado pela primeira guerra mundial, o corset perde espaço e vai desaparecendo aos poucos. A peça volta aos holofotes repaginado, no final dos anos 40, lembrado por Christian Dior. Na história da vestimenta feminina o corset é um divisor de águas, pois algumas mulheres enxergam a roupa como um símbolo de fetiche e sensualidade e, outras, o associam a prisão e opressão sofrida pelas mulheres nos primórdios de sua criação.

 Apesar de ser uma peça símbolo das garotas Pin Ups, hoje o corset é uma peça democrática que pode ser usada por baixo ou por cima das roupas, durante o dia ou a noite e independente de tribos.

Erika Boldrini: Quando surgiu a ideia/ conceito da marca?

Rose Sathler: Minha paixão por corsets começou quando tinha entre 17 e 18 anos apenas. Admiradora do universo da moda das subculturas tive contato com essa peça que sempre esteve muito presente dentro deste estilo. O corset me chamou a atenção principalmente por sua estrutura diferenciada e pelo resgate histórico que representa, trazendo à tona duas grandes paixões: história e moda. A partir de então dedico a minha carreira profissional ao estudo dessa peça e de toda a bagagem histórica que ela carrega. Minha assinatura dentro da corseteria está em pensar o corset dentro do nosso tempo, tanto nos aspectos funcionais – atualização dos materiais, modelagem confortável que atenda às nossas necessidades – quanto no que se refere à criação artística de cada peça.

Erika Boldrini: Houve alguma mudança de ideia/ conceito, desde a fundação da marca até o presente? Se sim, por quê?

Rose Sathler: Sim. Sempre fui muito verdadeira no processo criativo da marca. Por ter uma empresa que tem como missão preservar o processo de confecção artesanal e unitário, também me reservo o direito de pensar na criação das peças de acordo com a minha subjetividade, sem me preocupar com tendências vigentes. Até porque, devido à longevidade dos corsets, não há sentido em acompanhar esses movimentos efêmeros da moda no processo criativo. Dessa forma, acredito que o meu estilo evoluiu muito de acordo com a minha vivência, conhecimento e estilo.

Este ano o Atelier completa 10 anos de existência e nessa trajetória várias mudanças aconteceram, mas a maior delas se consolida ainda este ano. Há cerca de dois anos venho repensando toda a estrutura da marca, desde o processo de confecção até o comercial. Trabalhamos em uma intensa reestruturação (em todos os processos da empresa) que culminará em um novo conceito. Tudo será lançado em breve.

Erika Boldrini: Qual a maior dificuldade/ obstáculo do início?

Rose Sathler: Sem dúvida a maior dificuldade se concentrou no processo de confecção do corset. Muito tempo foi dedicado ao estudo da modelagem, confecção e materiais antes que pudéssemos lançar a marca.

Erika Boldrini: Como driblar as limitações de interior paulista? E como isso interfere no processo criativo?

Rose Sathler: A minha empresa está sediada no interior, em Limeira, São Paulo, mas desde seu nascimento abrangemos todo o território nacional. Com o passar do tempo ampliamos nossa cartela de clientes para o exterior, atendendo outros países na América Latina, Europa, os Estados Unidos, Canadá e Emirados Árabes, devido ao processo de encomendas on-line.

Acho curioso o fato de nos dedicarmos à confecção sob medida de uma peça cujo surgimento remete ao século XVI da forma mais contemporânea possível: através da internet.

Erika Boldrini: Olhando para a sua marca hoje, faça uma prospecção de 5 anos.

Rose Sathler: O meu desejo como empreendedora é preservar sempre as características artesanais e artísticas na confecção, tratando a elaboração de cada peça com atenção e cuidados singulares, atendendo, portanto, sempre às expectativas de cada uma de nossas clientes que buscam exclusividade.

Espero que nestes próximos cinco anos o nosso Atelier leve muito mais pessoas a apreciar, respeitar e refletir sobre a confecção artesanal, a dedicação envolvida, o seu tempo de maturação e a cultura da corseteria. Essas características infelizmente estão na contramão do imediatismo contemporâneo.

Fonte das imagens: arquivo pessoal Rose Sathler

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a criadora dos corsets de Verdades Secretas? Já usou algum modelo da marca? Deixe sua opinião nos comentários!

Saiba mais:

Costurando o corset: união da parte superior
Como cortar o tecido para costurar o corset
 Aplicação do zíper no corset: como fazer?

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

custos-invisiveis-moda-audaces

16/10/2020

O que são custos invisíveis e como eliminá-los da confecção de moda

Escrito por Audaces

gerente-de-producion-actividad-profesional

15/10/2020

Gerente de produção: o que esse profissional realiza?

Escrito por Audaces

tabela-de-medidas

13/10/2020

Tabela de medidas feminina: diversidade de corpos e o que diz a ABNT

Escrito por Audaces