Como o processo lixado altera a aparência do jeans

Por Fabiano Reis 
Docente das áreas Têxtil e Vestuário, Mestre em Política Científica e Tecnológica e Sócio da Carlota Reis Camisaria Feminina.

Continuamos a nossa série de posts do blog “Falando de Produção” sobre alguns dos processos de lavanderia do jeans. Lembramos que esses processos são realizados com o objetivo de imitar o efeito de desgaste que a roupa passa a apresentar naturalmente com o tempo de uso. Hoje, vamos tratar do processo lixado. Acompanhe.

O processo lixado é um método abrasivo de desgaste e retirada de corante do tecido. Esse método possibilita efeitos localizados, que podem ser obtidos com lixa ou lixadeira. O processo lixado é muito utilizado para imitar o efeito de desgaste natural da peça.

Vantagens do processo lixado:
•    Processo que melhor revela os efeitos de superfície do tecido;
•    Baixos investimentos e custos de manutenção;
•    Uso de lixas d’água ou de ferro.

Dica
Para artigos leves usar as lixas menos abrasivas e para artigos mais pesados usar as lixas mais abrasivas, assim, tem-se maior ganho de produtividade e qualidade do lixado (Tavex, 2007).


Fonte: Sistema de Lixado Blastex (2015).

Leia mais:
Saiba como se faz o efeito bigode no jeans
Tipos de lavagens do jeans: conheça alguns tipos
Beneficiamentos no tecido e nas peças interferem na modelagem

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *