Tipos de saias: conheça alguns dos modelos mais usados

Uma peça que esta presente no guarda-roupa de praticamente todas as mulheres e que combina com diversos estilos é a saia. Ela traz sensualidade, beleza e elegância aos looks femininos e surge nos mais diferentes modelos, formatos, comprimentos e tipos de tecidos, ainda pode ganhar inserção de detalhes que deixam-na ainda mais bonita.

Os diversos tipos de saias podem ser vistos nas ruas e nas passarelas em modelagens bem diferentes: plissada, lápis, balone, entre outros. Cada um desses modelos tem peculiaridades diferentes e conhecê-los é importante para poder desenvolver adequadamente a modelagem das peças. Abaixo segue uma lista de alguns tipos de saias e suas peculiaridades.

Saia Plissada
O tecido deste tipo de saia possui um efeito semelhante ao de uma sanfona, devido ao fato de receber diversas dobraduras, e é aplicado no próprio tecido. Por isso, a escolha do tecido é importante para prolongar a impressão, uma sugestão é a utilização dos sintéticos, pois tendem a manter o efeito após a lavagem. As saias plissadas dão um ar vintage aos looks.

Saia de pregas
Diferente do plissado, as pregas são feitas no momento da costura das peças e reforçadas posteriormente. As saias de pregas aparecem em filmes americanos e foram utilizadas como uniformes de escola, dando um ar fetichista à peça. Compõem interessantes looks nas estações frias e podem ser fabricadas com malhas, tecidos opacos e emborrachados, que imitam o couro, entre outros.

 

Diferentes tipos de saias utilizadas pelas mulheres/ Reprodução

Saias Godês
Também conhecidas como flared skirt, essas saias são típicas dos anos 1950 e 1980 e, nos dias de hoje, são sinônimo de romantismo e feminilidade. Elas são caracterizadas por serem bem rodadas e soltinhas, dando movimento ao visual, e por marcarem a região da cintura. Para dar um ar mais elegante aos looks, a peça pode ser confeccionada em tecidos nobres e modelagem sofisticada.

Saia drapeada
Possui como característica o efeito “enrugado” do tecido e ficam bem ajustadas ao corpo. Pessoas que estejam um pouco mais cheinhas devem cuidar com o volume que o drapeado proporciona à silhueta.

Saia de babados
Essas peças podem possuir diferentes tipos de babados, como regulares, irregulares, camadas, com textura ou em rufos, e podem aparecer em toda a saia ou apenas em áreas localizadas, como na barra. Se caracteriza por adicionar mais volume à silhueta, por isso, não é o modelo mais indicado para as mais cheinhas.

Saia Evasê
Também conhecida como “saia em A”, este tipo de peça se caracteriza por uma modelagem que começa justa na região da cintura e é mais ampla em sua parte inferior, que geralmente chega até a altura dos joelhos. O modelo é ícone de Vanguarda – surgiu na década de 60 – e pode ser amplamente utilizado tanto por mulheres mais novas quanto por senhoras, modernas e conservadoras.
Esses são alguns dos diferentes tipos de saias utilizados atualmente.

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *