Tecidos de malha por trama: características e estrutura

No post anterior – Tecidos planos: características e classificação – abordei as características dos têxteis planos. Dando continuidade ao tema, abordarei neste texto as classificações das estruturas dos tecidos de malha, que ao contrário dos planos (pouco extensíveis), tem em sua formação horizontal ou longitudinal o entrelaçamento de fios fazendo evoluções em diversas agulhas.

A formação dos tecidos de malha agregam algumas características apreciáveis ao seu uso, como flexibilidade, elasticidade e porosidade.

Os entrelaçamentos dos fios podem obedecer sentidos bem distintos e recebem a seguinte classificação:
– Malharia por Trama (MT);
– Malharia por Urdume (MU);
– Malharia Mista.

Malharia por Trama 
Obtida a partir de um único fio entrelaçado, o tecido resulta de um processo mecânico em teares circulares ou abertos. São tecidos desmalháveis e elásticos com grande taxa de flexibilidade. A figura a seguir mostra uma construção simples de malha de liga em que as filas horizontais se entrelaçam alternadamente do direito e avesso do tecido.
 

Construção da malha/ Fonte: O grande livro da costura.

As principais máquinas utilizadas em malharia de trama são:
– Circulares de grande diâmetro;
– Circulares de pequeno diâmetro (máquinas de meias);
– Máquinas retilíneas.

Na construção dessa estrutura de malha encontramos dois elementos usados frequentemente: fileiras (ou colunas) e cursos (ou carreiras); e seus tipos fundamentais são a malha Normal, Fang e a Flutuante.

A malha Normal é a formação completa do entrelaçamento dos fios que originarão o tecido.

 

 

 

 

 

Tipos de malha quanto a construção/ Fonte: livro Introdução à tecnologia têxtil – volume II

 

 

O Fang é a formação de um ponto de amarração dos tecidos de malha que confere ao material, além de uma maior rigidez, um aspecto “perolado”. Esse recurso proporciona a possibilidade de fabricarmos diversos artigos como pique, moletton, etc.

O Flutuante nada mais é do que “a não formação da malha”.

Por Roberto Rubbo
Professor do SENAC Lapa Faustolo

Leia também…
Estruturas das malhas: tipos de entrelaçamento dos fios
– Características da malha são apontadas em apostila
– Preparação da malha para o corte

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *