Breve história dos óculos

Por Lucía Andrea,
Designer, antropóloga e empresária de moda

A palavra “óculos” veio a partir do termo latim “ocularium”, que era o nome dado aos orifícios para os olhos nas armaduras dos soldados. O primeiro registro de um objeto semelhante aos óculos parece ter sido por volta de 500 a.C., na China, nos textos de Confúcio. A produção do primeiro modelo parece ter sido no século XVIII, mas com lentes planas. Os óculos, nesse momento, serviam apenas como diferenciadores sociais.

As primeiras lentes corretivas, que surgiram muito depois, eram feitas com pedras semipreciosas, transformadas em finas camadas que funcionavam como lentes de aumento. Já as primeiras lentes de vidro parecem ter sido criadas em Murano, uma das ilhas de Veneza, na Itália, tradicionalmente conhecida pelos seus trabalhos em vidro.

óculos

Murano, Veneza. Fonte: venezaitalia.com.br

Depois de muito tempo e muitas mudanças, no século XV, o “pince-nez” era o favorito. Ele não tinha hastes para as orelhas, mas era apoiado no nariz. Logo veio o Lornhons, com uma haste lateral para ser segurada pelo usuário. E, finalmente, no século XVII, apareceram as hastes fixas para apoia-los nas orelhas.

óculos

“Pince-nez”. Fonte: optiboard.com

 

óculos

“Lornhons”. Fonte: eotica.com.br

Mas foi apenas nos primeiros anos do século XX que os acessórios adquiriram sua forma atual e se adaptaram perfeitamente à anatomia humana. Hoje realmente existem uma infinidade de tipos, tamanhos e materiais. Além de auxiliar e corrigir a visão, são artigos de moda importantíssimos para quase qualquer ocasião.

Para os saudosos de óculos do século XX, existem marcas especializadas em garimpar armações, restaurá-las e substituir as lentes. Posso citar a marca Óculos Retrô, que possui um amplo acervo de produtos originais dos anos 1960, 1970, 1980, e 1990, todos restaurados. Desde aviadores clássicos a extravagantes armações invertidas e misteriosos óculos de gatinha, a marca oferece uma infinidade de óculos exclusivos, com lentes de cores deliciosas e tingidas uma a uma, artesanalmente.

óculos

Óculos invertidos, da marca Óculos Retrô. Fonte: oculosretro.com

E para aqueles que querem saber mais sobre o assunto, posso recomendar o livro Eyewear, da Taschen. Arrisco dizer que seja a publicação mais completa sobre esse acessório, além de ter uma layout e imagens muito bem apresentados. E quem quiser conhecer os óculos antigos pessoalmente, recomendo visitar o Museu dos Óculos Gioconda Gianinni, em São Paulo. O museu conta com um acervo belíssimo, cheio de peças-ícone e também exibe o maquinário ótico utilizado antigamente.

óculos

Livro Eyewear, da Taschen. Fonte: pinterest.com

 

Fontes de pesquisa

– Wikipedia

– Zeiss

– EOtica

– História de Tudo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *