O papel do desenho técnico de moda na indústria do vestuário

O desenho técnico de moda na indústria do vestuário tem grande importância na melhoria da comunicação entre as diferentes etapas de produção, principalmente entre os setores de criação e de modelagem. Quando as informações técnicas do desenho são comunicadas corretamente, proporcionam maior produtividade e redução de custos. Dessa forma, o desenho é um instrumento que funciona como um suporte para esboçar, riscar, projetar e comunicar uma ideia do modelo a ser produzido.

Para que o estilista ou o designer de moda consigam ter a peça desenvolvida de acordo com o que foi projetado na etapa de criação, é necessário que o desenho a ser entregue na etapa de modelagem seja mais técnico. Essas informações devem garantir que o modelista consiga desenvolver o projeto.

O desenho técnico de moda na indústria do vestuário, portanto, permite que o designer de moda possa criar e desenvolver suas inspirações de modo que as informações técnicas sejam repassadas para as etapas seguintes. O desenho é um dos elementos que compõem a ficha técnica de vestuário, a qual é um roteiro primordial para que a peça alcance um padrão de alta qualidade.

Vale lembrar que, quando falamos em desenho de moda em geral na indústria do vestuário, temos os croquis, os desenhos técnicos e as ilustrações de moda. Os croquis são os desenhos nos quais os estilistas iniciam o trabalho de criação e colocam suas ideias. Os desenhos técnicos planificados são projetos apresentados pelos estilistas. Já a ilustração de moda é uma representação gráfica voltada principalmente para o ramo publicitário e artístico.

Veja a seguir exemplos de cada tipo de desenho de moda na indústria do vestuário.

Croqui de moda:


Fonte: Audaces Idea – Vanessa Gonzato

Desenho técnico de moda:


Fonte: Audaces Idea – Vanessa Gonzato

Ilustração de moda:


Fonte: Dani Bernardes

Segundo a professora Maria de Lurdes Puls, no artigo escrito para o livro Moda Palavra, o desenho destaca-se como ferramenta na concepção projetual. Conforme a autora, esse instrumento é um meio pelo qual o designer une suas percepções, sensações e pensamentos para os expressarem de forma gráfica.

No contexto atual, devido às necessidades de um mercado de moda cada vez mais acelerado, o desenho técnico de moda na indústria do vestuário precisa ser padronizado e automatizado. Desse modo, o designer de moda que deseja se manter atualizado profissionalmente deve acompanhar as inovações tecnológicas que podem tornar mais fácil e ágil o processo de criação.

E como fazer um desenho técnico de qualidade? Veja a seguir.

Método de desenvolvimento de desenhos técnicos do vestuário

Atualmente os desenhos técnicos podem ser desenvolvidos manualmente ou por meio de softwares. Além disso, pode-se criar um modelo novo ou utilizar bases de referências para desenvolver um novo modelo.

Conforme Leite e Velloso descrevem no livro Desenho Técnico de Roupa Feminina, a roupa deve ser entendida como um objeto que repousa sobre o volume do corpo, obedecendo sempre as articulações e as formas. Se nesse processo houver o aproveitamento de bases prontas, o desenvolvimento de novos modelos se torna mais ágil.

As autoras propuseram um manequim que serve de base de desenho desenvolvido a partir de tabelas de medidas de livros de modelagem plana feminina. Dessa maneira, é possível reproduzir, de forma bidimensional e em escala, o corpo humano manequim 40.

Você pode observar, a seguir, a imagem desse manequim de base planificada apresentada por Leite e Velloso (2007).

O manequim pode ser utilizado também para criação de base masculina e infantil, lembrando sempre que para tal desenvolvimento é necessário seguir as respectivas tabelas de medida.

Já Neiva (2010) apresenta a utilização de uma base pronta, que mostra as linhas de cintura, busto e quadril para facilitar o desenho das peças. Esse manequim expõe um braço afastado do corpo para auxiliar na representação de mangas. Uma técnica bastante utilizada para desenho técnico manual é a utilização do papel vegetal, no qual se desenha um lado da peça e depois o outro lado é espelhado.

Veja em seguida a base apresentada por Neiva em seu site.

Mesmo que a representação gráfica de forma manual tenha algumas técnicas e descrições necessárias que devem ser colocadas no desenho, ainda temos muitas empresas que trabalham com os desenhos estilizado e técnico no mesmo desenho, ou seja, uma mistura de planificado com bidimensional. Observe um exemplo a seguir.

Fonte: Canatiba – http://www.canatiba.com.br/

Como podemos perceber, o desenho anterior possui detalhes que representam luz e sombra. Esse tipo de desenho é bastante utilizado, porém, recebe algumas críticas quando o apresentamos para os profissionais de modelagem. Quando não há descrição na ficha técnica, alguns modelistas têm dificuldade de saber os significados desses efeitos, por exemplo, se são um recorte, uma pence, uma nervura ou apenas um detalhe de luz e sombra.

Para agilizar o processo de produção e utilizar ao máximo a tecnologia a favor da criatividade, outra possibilidade é fazer o desenho técnico no computador. O desenho por meio de um sistema informatizado proporciona o uso de diversos recursos, como bases prontas, formas espelhadas e ferramentas de costura, sem contar a comodidade de alterar a representação com alguns cliques.

Outra vantagem do desenho computadorizado é salvar os arquivos e referências criadas em suas pastas do computador e, assim, poder retomar o trabalho sempre que necessário.

Referências:

LEITE, Adriana Sampaio; VELLOSO, Maria Delgado. Desenho técnico de roupa feminina. 2 ed. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2007. 160p.

LODI, Renata: Diretrizes para normalização de desenhos técnicos do Vestuário para o segmento de Malharia Circular.

Disponível em: <https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/96393/000915079.pdf?sequence=1>. Acesso em: 4 Maio 2015.

PULS, Lourdes Maria. O desenho como ferramenta universal. O contributo do processo do desenho de moda na concepção do projeto de design de vestuário. Florianópolis, 2011.

Leia mais:
Ambientação na ilustração de moda
Análise gráfico-visual de ilustrações de moda
Técnicas de pintura de desenho de moda

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *