Influências políticas na moda

Por Francys Saleh

Designer e docente no curso de Design de Moda na Universidade Católica de Pelotas (UCPEL)

 

Em tempos onde a política é tema em muitas rodas de assunto, que tal analisarmos as influências políticas na moda? Afinal, a moda reflete a sociedade, e os estilistas frequentemente fazem referências às mudanças políticas em suas coleções.

 

Por exemplo, as mensagens passadas pelas roupas que vestimos podem ser subversivas, comunicar uma posição ou podem servir como declarações ousadas para gerar reações. Katharine Hamnett ficou famosa ao inventar a camiseta com slogan na década de 1980.

 

Katherine Hamnett, em 1987. Imagem: Divulgação

 

Estas camisetas – que se tornaram um ícone da moda – eram básicas, brancas e traziam mensagens sociopolíticas, como manifestos antiguerra, em pesadas letras pretas. A intenção da estilista era que seus slogans fossem lidos e copiados por pessoas em todo o mundo, uma sacada certeira para usar influências políticas na moda.

 

Hoje, Hamnett dedica-se ao problema global da ética no processo de produção de moda. Ela é uma dos estilistas responsáveis pela popularização do algodão orgânico.

 

Campanha da marca People Tree incentivando o uso de algodão orgânico. Imagem: Divulgação

 

Ética e sustentabilidade se tornaram uma das principais pautas desde a virada do milênio. Diversos estilistas lançaram marcas baseadas em princípios éticos e de comércio justo, como People Tree e 123, que publicam manifestos para divulgar suas convicções.

 

Empresas maiores estão sendo influenciadas por organizações emergentes de comércio justo e estão começando a lançar suas próprias linhas éticas.

 

E você, o que acha das influências políticas na moda. Deixe sua opinião!

 

Leia também:

Saiba como a indústria tem levado os plásticos dos oceanos da reciclagem para a moda

Moda Vitoriana: tendência para o verão 2017

A conscientização a respeito da indústria do vestuário por meio de documentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *