Etapas da produção: como garantir a qualidade na indústria de confecção

Para ser competitivo hoje no mercado de produtos confeccionados não basta ser atual e estar por dentro das tendências, é preciso ter qualidade em todas as etapas da produção. Atingir a qualidade é uma forma estratégica que facilita a sobrevivência e a permanência da empresa, destacando-a em relação aos seus concorrentes.

Para garantir esta qualidade no produto é necessário verificar se todas as etapas da produção estão sendo conduzidas conforme solicitado, com uma qualidade orientada pela inspeção, pelo controle de processos e com ênfase em desenvolvimento de novos produtos. Além disso, todos os departamentos da empresa devem seguir a prática do controle e, consequentemente, a garantia da qualidade.

 

Nas etapas da produção na indústria de confecção o sistema de qualidade é considerado um conjunto de informações, de especificações técnicas de materiais e de processos que servirão como orientação para a inspeção e o controle. Esse conjunto deve ser definido durante o desenvolvimento de produto em todas as etapas de produção.

A busca pela qualidade é uma constante nas empresas, pois é de muita importância que os produtos passem por um programa de qualidade de forma que saiam para o mercado prontos para serem vendidos e aceitos pelos consumidores. São considerados produtos de primeira qualidade aqueles que estão em conformidade com um padrão pré-estabelecido.

 

Não cuidar da qualidade é o mesmo que desperdiçar material, mão-de-obra e tempo, pois um produto de baixa qualidade não terá aceitação do mercado consumidor e, logo, acarretará em prejuízos para a empresa.

Referência:
CARDOSO, Patrícia Mellero Machado (et all). Qualidade na Indústria de Confecções: Abordagem de Ensino e Prática. Simpósio Maringaense de Engenharia de Produção – UEM. Disponível em: http://www.dep.uem.br/simepro/3/Artigos/qualidade_industria.pdf

 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *