Cores, formas e texturas na moda

Por Greice Verrone
Designer de Moda

Cores, formas, ângulos, linha e texturas na moda são elementos comuns, não é mesmo? Esses elementos estão presentes no mundo todo, em várias outras realidades. Na área da moda, especificamente, esses elementos têm a ver com humor, costumes, cultura, e podem influenciar o bem-estar.

Na Índia e na China, o poder das cores é estudado há milhares de anos, e sua aplicação se dá em forma de energias que influenciam todos os aspectos da vida. Para os budistas e hindus, os chacras (centros energéticos do corpo) são regidos por cores, que colaboram para o equilíbrio entre o material e o astral, fazendo com que saúde, sorte e sanidade sejam sempre preservadas.

As premissas de paleta com cores claras no verão e escuras no inverno não existem mais, logo, é preciso estudar a personalidade e as características da sua coleção. Verde-claro acalma, azul marinho inspira confiança. "O primeiro é um clássico nos uniformes de escolas, da Marinha e da Aeronáutica. Já o verdinho imprime calma e esperança, cor muito usada em hospitais e prisões", o vermelho está ligando à terra, é fonte de energia, transmite um estado de alerta, além de apelo de fetiche.

Preto e branco são clássicos também cheios de significado. O primeiro é resultado da ausência de cor, mas na moda chega com firmeza e funciona até como escudo, transmite sobriedade, elegância e mistério. Como toda cor escura, tende a diminuir a superfície, por isso, a cor preta dá ideia de emagrecimento. Já o branco é o somatório de todas as cores. "Transmite pureza, paz e tranquilidade".

As estampas, por sua vez, também têm apelo. Desenhos de flores e estampas étnicas combinados com as cores claras possuem efeito calmante, além de traduzirem feminilidade, harmonia, comunhão, equilíbrio, ternura, fragilidade e conforto. Desenhos geométricos remetem à modernidade.

As texturas na moda também devem ser analisadas na hora de criar uma coleção. Na escolha dos tecidos, além do caimento, é preciso pensar no que cada material vai transmitir. A seda, por exemplo, de toque suave e macio, reflete delicadeza, romantismo e feminilidade. Já o couro, que é um tecido pesado ligado à rebeldia do rock in roll, se combinado com cores suaves e o toque suave da camurça, pode ficar romântico e moderno.

O mais importante, porém, é a combinação dos elementos que podem definir a personalidade das peças. Uma camisa de seda com uma estampa animal print, por exemplo, passa uma impressão diferente de uma camisa de seda com estampa floral rosa.

Camisa de seda com estampa animal print

Camisa de seda com estampa floral rosa

A mistura dos elementos cores, estampas e texturas na moda possibilita várias opções de combinações. Ainda assim, é importante conhecer um pouco da história e da origem dos materiais usados nas suas criações.

Leia mais:
Mix de coleção
Psicodinâmica das cores
Cartela de cores: definindo as características da coleção

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *