Como o design de moda auxilia no crescimento da empresa?

Os profissionais do design que atuam no mercado da moda são os de maior salário nos Estados Unidos e em outros países considerando a indústria da confecção. Essa valorização não acontece por acaso. O design de moda é um fator determinante para agregar valor aos produtos e às marcas.

De acordo com o estudo “Diagnóstico do Design Brasileiro”, lançado pelo Centro Design Brasil em 2014, o setor têxtil e de confecção ocupa o quarto lugar no ranking dos setores mais evoluídos na gestão de design no país. Levando em conta os nove atributos considerados de sucesso para o desenvolvimento de novos produtos, o setor têxtil e de confecção ocupa o segundo lugar no ranking do design no Brasil.

O uso do design pela indústria têxtil

O setor têxtil e de confecção é um dos que, segundo o estudo do Centro Design Brasil, foca os recursos de design em equipes internas, com um pequeno uso de consultorias externas. O mesmo foi observado nos setores de calçados e audiovisual.

“Isso evidencia uma característica do setor ligado à moda, onde é importante desenvolver e controlar a sua própria marca, design e estilo”, explica o estudo. Como o design agrega valor à marca e auxilia no crescimento da empresa, ele também pode contribuir com as exportações das companhias que investem nesta cultura empresarial.

Como desenhar roupas com maior agilidade

Dentro de um processo produtivo, a economia de tempo pode ser um grande diferencial competitivo – especialmente no tipo de moda que procura atender com agilidade e de forma quase personalizada os clientes. Confira algumas dicas que podem ajudar você a desenhar roupas com maior agilidade:

1. Busque boas e diversificadas fontes de inspiração

Para criar é preciso ter fontes de inspiração. Na moda, elas vêm de praticamente todas as partes. Do comportamento das pessoas nas ruas, das tendências que estão surgindo dentro e fora do país – especialmente de mercados que são referência na área, como Milão e Paris -, e, nos últimos anos, em especial, das referências acessíveis pela internet.

Um grande recurso de informações e de inspiração é a produção cultural, por isso pode ser interessante assinar serviços de streaming para acompanhar as novas séries de TV ou lançamentos da música ao mesmo tempo que você pode procurar referências em diferentes gêneros do cinema.

2. Procure em sites de referência

Algumas das boas fontes de informação sobre cores, padronagens e combinações estão hoje em sites da internet, como a busca de imagens específicas no Google – na opção “Imagens” – e na rede social para designers Dribble, onde estão disponíveis os trabalho de diferentes designers. Uma outra rede social interessante e específica de designers de moda e que pode servir de fonte de informações e referências é a Mode Uncut.

Há também opções como: We Hear It, Fashion Industry Network, Fashion Edits, Northern Clothing & Textile Network, Fashion United, entre outros.

Existem sites do tipo “coletânea”, em que são apresentados diferentes produtos de marcas consagradas ou de novos designers. Vale você dar uma conferida em referências como Polyvore e Fashionising.com.

3. Siga as pessoas certas

Outra forma de você se inspirar e de conhecer as principais tendências da moda, e mais especificamente do design de moda, é seguir as pessoas certas em redes sociais como Twitter, Instagram e Facebook. Entre as referências na área e que estão nas redes sociais vale olhar os nos perfis de Ermenegildo Zegna, Alberta Ferretti, Domenico Dolce & Stefano Gabbana, entre outros. Uma boa referência de quem seguir pode ser a lista BOF 500 com os 500 principais nomes da moda e do design de moda de 2016 segundo o site The Business of Fashion.

4. Utilize a tecnologia a seu favor

A tecnologia pode ser usada não apenas como fonte de referência e de pesquisa, como citamos até o momento. Ela também pode ser um importante recurso para acelerar processos e para economizar custos no momento da produção. Algumas soluções do mercado facilitam os processos de design de moda ao permitir a criação diretamente no computador com poucos cliques.

Um diferencial de produtos como este é que é possível visualizar as roupas que você está planejando desde o primeiro momento, desde o insight inicial, através de um manequim tridimensional. Este tipo de programa para desenhar roupas permite que cada desenho que você fizer gere uma ficha técnica automatizada que facilita a comunicação entre o estilista e o modelista, evitando retrabalhos e aumentando a produtividade.

ebook-design-audaces

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *