Como escolher o tecido ideal para desenvolver a sua coleção

Por Fabiano Reis
Docente das áreas Têxtil e Vestuário, mestre em Política Científica e Tecnológica, especialista em jeans wear e sócio do Carlota Reis Atelier de Modelagem & Moda

 

Na tecelagem é feita a fabricação de tecidos planos e tecidos de malha. Na tecelagem de tecidos planos ocorre o cruzamento de um conjunto de fios em ângulo reto, processo realizado por um tear. O fio que está na vertical é o urdume, e o que está na horizontal denomina-se trama. Para quem trabalha com moda, é fundamental conhecer os tecidos para definir qual será o tecido ideal para uma nova coleção.

As três operações básicas para formação de um tecido plano são: a) abertura da cala, quando ocorre uma seleção de fios de urdume, formando uma manta de fios mais baixa e outra manta mais alta; b) inserção da trama; e c) batida do pente.

tecido-ideal

Formação do tecido plano: abertura da cala, inserção da trama e batida do pente. Fonte: acervo do autor

 

tecido-ideal-2

Tear de pinça rápida. Fonte: Dornier, 2012.

.

Principais tipos de ligamentos

Definimos como ligamento toda a estrutura de um tecido. O ligamento tem como função definir um padrão repetitivo por toda a extensão do tecido. As três principais construções básicas dos tecidos são: a tela, a sarja e o cetim, tipos de desenho que dão estruturas aos tecidos planos.

tecido-ideal-3

Os principais tipos de ligamentos. Fonte: acervo do autor

 

Existem basicamente três classes importantes de tecidos planos:

– Tecidos leves:

Este tipo de tecido pesa entre 121 a 200 gramas. Os tecidos leves são utilizados na indústria de confecção na fabricação do vestuário feminino e da camisaria.

– Exemplo de tecido leve:

Chifon: tecido muito fino e transparente, de seda ou de filamentos químicos bem torcidos para confecções femininas. Nome originário do francês, que significa trapo.

– Tecidos médios:

Esta classe de tecido pesa entre 201 a 300 gramas. Os tecidos médios são utilizados na indústria de confecção na fabricação de bermudas e calças.

– Exemplo de tecido médio:

Oxford: tecido originário da cidade de Oxford, na Inglaterra, é feito de algodão, com ligamento tela e densidade idêntica de urdume e trama.

– Tecidos pesados:

Este tipo de tecido pesa entre 301 a 500 gramas. Os tecidos pesados são utilizados na indústria de confecção na fabricação do vestuário jeans wear e de sports wear.

– Exemplo de tecido pesado:

Brim: tecido grosso em sarja, geralmente de algodão, usado para confecção de calças, blusões, jaquetas, macacões etc.

.

Tecido Denim

O tecido denim se caracteriza pelo formato diagonal dos fios, que ganham esta particularidade devido à disposição de sua trama. Esta característica é basicamente o que diferencia o denim dos demais tecidos fundamentados em matéria-prima natural (algodão).

O denim tradicional é um tecido plano, de ligamento em sarja (construção em diagonal) de algodão, produzido a partir de trama em fio cru e urdume em fio tingido com corante. Lembrando que o índigo é o mais antigo dos corantes.

A palavra denim originou-se na França do século XVII a partir da expressão “Serje de Nimes” (Sarja de Nimes), uma referência à cidade de mesmo nome localizada na região sul do país. Esta definição se aplicava a um tecido rústico de algodão bastante usado na época por marinheiros e demais trabalhadores (de acordo com a publicação Senai/Cetiqt, 1994).

tecido-ideal-4

Estrutura do fio e do tecido denim

….dfasdfas

tecido-ideal-5

.

Uma resposta para “Como escolher o tecido ideal para desenvolver a sua coleção”

  1. Benedito das Neves Filho disse:

    Bom, eu não posso adquirir os produtos da audaces por ser de auto custo, pois eu apenas costuro em casa, mas as informações que eu obtenho através dos webnares e post voltados a tecnologia de moda muito me ajudam em me manter informado sobre como os instrumentos que auxiliam na produtividade e confecção de moda progride.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *