Tipo de tecido: como escolher o certo para cada roupa?

COMPARTILHE
imagem

O sucesso de uma roupa depende da modelagem e, em grande parte, do tipo de tecido selecionado para confeccionar a peça. Quando a fibra é mal escolhida pode fazer com que a roupa não tenha caimento adequado, alcançando um resultado diferente do esperado.

No capítulo um do livro “A Bíblia da Costura” há uma lista com os tipos de tecidos e suas principais características. E para ajudá-lo a conhecer um pouco mais sobre as fibras e saber escolher qual a mais indicada para cada tipo de modelagem, neste post da série sobre o livro serão abordados alguns tipos de tecido.

Acetato: tecido sintético à base de celulose com absorção moderada. São mais utilizados para forros e roupas formais.

Caxemira: esta é uma fibra luxuosa produzia em tricô ou tecido. Originária da lã de pelos de cabras da Caxemira. Atualmente, inclui pelos de qualidade similar de cabras selvagens australianas, neozelandesas e escocesas. Muito utilizada em roupas sob medida e malharia.

Chiffon: confeccionado originalmente partir da seda, hoje é produzido de poliéster. É um tecido fino e semitransparente, macio, leve e muito utilizado em roupas formais e xales.

Denim: tecido forte, construído com ligamento de sarja tingido com corante no urdume e trama branca. Usado em jeans, jaquetas, saias e tecidos de decoração.

Flanela: liso ou sarjado (as vezes penteado) de lá ou algodão macio, este tecido é muito utilizado em roupas infantis e de dormir.


Reprodução


Juta: fibra natural da planta de mesmo nome, utilizada principalmente para revestir tapetes, adornos e fios de vela. Também usado para fazer sacos e forros.

Linho: um dos tecidos mais antigos do mundo e feito a partir das fibras de uma planta. Atualmente, é misturado com fibras sintéticas para não amassar muito. É um material forte, rugoso, disponível em vários pesos e utilizado em roupas sob medida e trajes esportivos.

Mélton: constituído por trama fechada, torcida e cardada, de lã pura ou mista. Este tecido é parecido com feltro e é resistente ao vento. Muito comum em casacos e jaquetas.

Plush: tecido grosso, com felpa obtida por urdidura de seda, lã, mohair ou raiom. Muito empregado em casacos, tapetes e estofados.

Sarja: tecido em linhas diagonais, macio, feito de lã pura ou mista. Usado em ternos e uniformes.

Suede: tecido em trama de algodão, seda, fibras sintéticas ou mistas. Muito empregado em roupas esportivas.

Tule: tecido em tela fina de seda ou náilon. Usado em vestidos de noiva ou trajes de dança.

Vinil: tecido resistente ou à base de malha, coberto com PVC, o que dá a superfície aspecto impermeável e pegajosa. Bastante utilizado em capas de chuva e estofamentos de cadeia.

O livro traz oito páginas e aponta mais de 150 tipos diferentes de tecidos, suas características e principais usos.

 

Comentários

Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Nome:  
E-mail:   
Comente

DEIXAR COMENTÁRIO

 


1 comentário

Ordenar por: Mais recentes  |  Mais antigos


AUDACES STORE

Facilidade e conforto na compra dos seus produtos Audaces

                       

SIGA ESTA MARCA

Audaces News

 
 

COMPARTILHE ESTA PÁGINA