Sistemas CAD e CAM na confecção

Na área têxtil, é crescente a preocupação com a automação. As opções disponibilizadas são cada vez mais expressivas, com sistemas CAD e CAM na confecção que apoiam as diferentes etapas – da criação, passando pelo desenvolvimento, até a produção.

Na criação e desenvolvimento de uma nova coleção, sistemas CAD para confecção auxiliam estilistas e modelistas. No caso específico da modelagem e graduação, por exemplo, é possível criar e graduar moldes rapidamente com a ferramenta, que garante índices bem expressivos de precisão – o que resulta no aumento da produtividade.
 

Os sistemas CAD e CAM trazem diversos benefícios no desenvolvimento da modelagem e encaixe dos moldes no software Audaces Vestuário/Reprodução


Visualizando a modelagem no sistema CAD, é possível realizar uma série de modificações para aperfeiçoar o modelo – conforme descrito na apostila disponibilizada na wiki do Instituto Federal de Santa Catarina. Entre as modificações, destaque para:

 

  • sentido do fio
  • valores de costura
  • introdução de piques
  • contorno da peça
  • modificar as curvas do molde
  • simetria e rotação
  • modificar o declive de uma linha, verificar e medir os moldes

O principal benefício que o sistema CAD traz é o aumento da produtividade associada à flexibilidade e qualidade. Por isso a grande a vantagem de sua implantação em empresas de confecção – que podem utilizar sistemas para criação, modelagem, encaixe e planejamento do risco.

Na apostila, a autora cita como exemplo o Audaces Vestuário Moldes, sistema desenvolvido para informatizar as etapas de modelagem e graduação de moldes, que possui interface concebida para facilitar a comunicação entre o usuário e o sistema.

Sistemas como ele trazem uma série de benefícios, como a redução do desperdício de matéria-prima. Como o encaixe dos molde é mais preciso, é possível realizar o rápido reposicionamento do molde (se necessário), contribuindo para a redução de custos. No sistema manual, o processo é bem mais lento, pois não existe a possibilidade de repetir um mesmo corte com rapidez. As chances de falhas também aumentam, mesmo com operadores com larga experiência.

Integrando os sistemas CAD e CAM na confecção - usados no enfesto e corte de tecidos – é possível diminuir o tempo entre a escolha de um modo de operação e sua produção efetiva, garantindo que a confecção tenha condições de ajustar sua produção rapidamente.

CAD – Computer Aided Design. Na tradução, Criação Assistida por Computador.

CAM – Computer Aided Manufacturing. Na tradução, Fabricação Assistida por Computador


Fonte: Apostila de Costura/IFSC.

 

 

Leia mais:

Softwares no processo produtivo das indústrias têxteis e de moda

Importância do CAD para a moda

Confecções automatizadas são mais competitivas

Navegando no mundo da moda: tecnologias na criação

 

 

COMENTÁRIOS

Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Ester Soares Pereira

Creio eu é um dos melhores métodos para auxiliar no desenvolvimento de coleções, muito bom para modelista e estilistas, para criar e graduar moldes com mais rapidez.